Vinho do porto: o que saber antes de comprar

Conhecido e adorado por muitos, o vinho do porto é um clássico que todos devem provar. Saiba mais sobre esse tipo de vinho!

O vinho do porto é um clássico e, devido às particularidades de seu processo de produção, agrada ao paladar de muitas pessoas.

Trata-se de uma opção bastante procurada por seu sabor adocicado e complexo, que pode ir desde as opções mais frutadas até aquelas que lembram outros elementos como o caramelo e o chocolate.

Assim, conhecer as particularidades desse famoso vinho faz toda a diferença no momento de escolher a opção ideal para o seu paladar.

Para saber mais sobre o que é o vinho do porto, quais são seus tipos e como harmonizá-lo, continue a leitura!

O que é vinho do porto? 

Por estar associado a uma região demarcada, o vinho do porto só pode ser classificado dessa maneira quando é produzido na área ao longo do vale do Rio Douro, que atravessa o norte de Portugal.

Assim, a bebida é elaborada a partir de uma Denominação de Origem Controlada (DOC), mas também possui algumas particularidades em sua produção que a definem.

O que o diferencia dos demais tipos de vinho, além da localidade em que é feito, é a interrupção da fermentação, seguida pela adição de aguardente vínica, utilizada para aumentar seu grau alcoólico, fazendo dele um vinho fortificado.

A bebida, então, fica com grande quantidade de açúcar residual, deixando-a bastante adocicada.

De modo geral, as uvas mais utilizadas para o vinho do porto tinto são tinta roriz, touriga nacional, touriga franca, tinta cão e tinta barroca.

Quais são os tipos de vinho do porto? 

Existem alguns tipos de vinho do porto, sendo Ruby e Tawny as opções mais consumidas.

O porto Ruby é assim denominado por conta de sua coloração de um vermelho intenso. Ele fica, normalmente, entre 3 a 5 anos envelhecendo em carvalho de maior litragem, preservando a sua cor brilhante.

Vale ressaltar que esse tempo de envelhecimento pode variar de acordo com o produtor, podendo, inclusive, passar de 5 anos.

O Ruby, então, conta com um aroma e sabor bastante frutado, fazendo dele uma opção mais clássica.

Já o Tawny é caracterizado por um processo de armazenamento mais longo, que costuma durar 1 ano a mais do que o Ruby.

Além disso, o seu armazenamento e envelhecimento ocorre em carvalhos menores da mesma casa, o que faz com que a coloração seja mais clara.

Em relação ao sabor, ele é mais complexo, lembrando o caramelo, o chocolate e o café.

Além disso, muitas pessoas não sabem que o porto também pode ser branco, sendo uma ótima opção de vinho para o verão.

Como consumir essa bebida 

Para aproveitar o sabor marcante dessa bebida e aproveitar os benefícios do vinho tinto, é preciso conhecer suas particularidades e saber como harmonizá-lo.

Por se tratar de uma opção bastante adocicada e com teor alcoólico mais elevado, o vinho do porto costuma ser consumido em pequenas doses, como um aperitivo.

No caso do tipo Ruby, a harmonização pode ser feita com sobremesas à base de chocolate e frutas vermelhas, ou então com queijos mais salgados. Além disso, é importante lembrar que a temperatura ideal para a bebida é de 12ºC a 16ºC.

O Tawny, por outro lado, costuma harmonizar muito bem com frutas secas, oleaginosas e chocolates de sabor mais intenso. A temperatura indicada para esse vinho fica entre 10º e 14ºC.

Seja qual for o tipo escolhido, também é importante selecionar a taça certa para servir o porto. A opção ideal para a bebida é uma taça de tamanho menor e com bojo estreito, de modo que leve o vinho diretamente à ponta da língua, ressaltando o sabor adocicado.

Agora que você já sabe tudo sobre essa modalidade de vinho, só falta adquirir o seu e aproveitar os sabores e aromas dessa bebida. Visite o site da Más Vino e confira as opções disponíveis na loja.

 

 

Marcos Paulo Soares Santos
07/02/2023
Pague com
  • Pix
  • Pagar.me V2
  • proxy-pagarme-v4
Selos
  • Site Seguro

MAS VINO ECOMMERCE E DISTRIBUICAO LTDA - CNPJ: 47.609.898/0001-63 © Todos os direitos reservados. 2024