Vinhos & pratos que combinam - Destaque para comida mineira

A culinária mineira é uma das mais ricas e diversificadas do Brasil, junto com a culinária baiana e do Piauí são reconhecidas internacionalmente. Marcada por pratos que utilizam ingredientes regionais e muita tradição. Dentre os pratos típicos mais famosos estão o feijão tropeiro, o tutu de feijão, o frango com quiabo, o pão de queijo e a canjiquinha.

 

A harmonização entre vinho e comida é uma arte que pode parecer difícil de dominar, mas com algumas poucas dicas é possível criar combinações deliciosas. Na culinária mineira, é comum o uso de carnes, queijos, feijão, milho, mandioca e outros ingredientes que podem ser combinados com diferentes tipos de vinhos.

 

Para acompanhar essas delícias, é importante escolher um vinho que complemente as características do prato e realce o sabor dos ingredientes. No caso dos pratos à base de carnes, como o frango com quiabo, o vinho tinto de médio corpo é uma boa escolha, como o Merlot, em nossa adega temos para sugerir o vinho Maison Blanche Bordeaux. Esse vinho tem uma boa estrutura e equilíbrio, que vão bem com as notas terrosas e de especiarias presentes no prato.

 

Já para os pratos que levam queijos, como o pão de queijo e o queijo minas, a sugestão são os vinhos brancos leves, como o Sauvignon Blanc e o Chardonnay. Esses vinhos têm uma acidez refrescante que ajuda a limpar o paladar e realçar o sabor do queijo.Vou deixar aqui links para você conhecer esses dois vinhos.

 

Para os pratos à base de feijão ou mandioca, como o feijão tropeiro e o tutu de feijão, os vinhos tintos encorpados são uma boa escolha, como o Malbec e o Cabernet Sauvignon. Esses vinhos têm uma maior presença de taninos e acidez, que ajudam a reduzir o sabor da gordura e realçar o sabor do prato.

 

Já para os pratos à base de milho, como a canjiquinha e a pamonha, uma boa escolha é o vinho branco aromático, como o marca tal. Esse vinho tem doçura equilibrada  característica que complementam os sabores doces do milho.

 

Outro ponto importante na harmonização entre vinhos e comida mineira é a temperatura de serviço. Os vinhos tintos devem ser servidos levemente abaixo da temperatura ambiente, entre 16 e 18 graus Celsius, enquanto os vinhos brancos e espumantes devem ser servidos bem gelados, entre 6 e 8 graus Celsius.

 

Não dá pra discutir rsrsrsrs a culinária mineira é um tesouro gastronômico brasileiro e  que pode ser aprimorado com a harmonização de vinhos. Ao escolher o vinho certo para cada prato, é possível criar combinações perfeitas que vão agradar até mesmo os paladares mais exigentes. Experimente diferentes opções e descubra novas possibilidades para o seu paladar.

 

Marcos Paulo Soares Santos
27/03/2022
Pague com
  • Pix
  • Pagar.me V2
  • proxy-pagarme-v4
Selos
  • Site Seguro

MAS VINO ECOMMERCE E DISTRIBUICAO LTDA - CNPJ: 47.609.898/0001-63 © Todos os direitos reservados. 2024